Blockchain: Aplicações práticas e eficientes no mercado empresarial

*Por Lahis Almeida

Blockchain é uma das tecnologias emergentes que vem ganhando grande destaque no cenário tecnológico mundial. Inicialmente criada para possibilitar transações seguras entre Bitcoins, seu potencial tecnológico vem alcançando outras aplicações que não se restringem às criptomoedas, atraindo o interesse de bancos, empresas e governos.

O grande diferencial dessa tecnologia está no registro criptografado das informações, com impressões digitais que geram uma dinâmica de encadeamento segura e confiável, além de ser baseada em uma estrutura descentralizada e de sempre registrar quaisquer alterações que ocorram na cadeia, tornando as informações trocadas ainda mais seguras. Essas vantagens possibilitam o surgimento de aplicações Blockchain que irão mudar a dinâmica do setor empresarial nos próximos anos. Confira abaixo algumas delas:

1.Contratos Inteligentes

Os contratos inteligentes são pequenos programas que automaticamente realizam acordos entre várias partes quando determinadas condições são cumpridas. Como esses miniprogramas são executados em Blockchain, não há intermediários para gerenciar a transação ou cobrar taxas. Assim, aplicações como empréstimos e títulos de propriedade podem ser gerenciados e processados ​​automaticamente, e dados confidenciais como registros médicos podem ser protegidos e acessados somente por certas pessoas sob condições predefinidas.

A plataforma de Internet das Coisas Slock.it, por exemplo, oferece contratos inteligentes para permitir que o cliente alugue, venda ou compartilhe propriedades, sejam elas uma bicicleta ou um apartamento.

2. Pagamentos e transferências de dinheiro

O envio e o recebimento de pagamentos são as aplicações mais populares de Blockchain atualmente, uma vez que seu início esteve diretamente relacionado com as criptomoedas. Em e-commerces e transferências internacionais, essa tecnologia surge como alternativa aos cartões de crédito e PayPal. Com o Blockchain, a transferência de fundos é realizada de forma direta, rápida e segura para qualquer pessoa do mundo a taxas muito baixas. Esta última característica se dá por conta da inexistência de intermediários, o que diminui a transferência de fundos entre bancos e taxas de transações excessivas.

Essa aplicação é muito útil para empresas que tenham funcionários remotos ou estejam envolvidas com o mercado global, contemplando de pequenos empreendedores a grandes empresas e bancos. Empresas como a Abra, a Bitwage e a Coinpip são destaques na realização de transferência de fundos e administração da folha de pagamento por meio de Blockchain. As próximas startups movimentarão ainda mais o setor, fornecendo serviços que possam ser aplicados a muitos aspectos da atividade cotidiana de uma empresa, como corte de custos, aumento da confiança no sistema e simplificação de processos onde há várias partes envolvidas para uma interação específica, contribuindo para a redução de burocracia.

3. Armazenamento em Nuvem Distribuído

O armazenamento em nuvem será outra aplicação de Blockchain da qual as empresas poderão se beneficiar. A maioria das empresas optam por utilizar os serviços em nuvem oferecidos por grandes nomes, como Amazon ou Google, para armazenamento e acesso de seus dados. Para isso, porém, revelam grande parte de suas informações comerciais. Além disso, esses serviços podem chegar a um alto preço e muitos dos principais provedores ainda se mostram vulneráveis ​​a ataques externos.

Dentro desse contexto, o Blockchain pode ser utilizado pelas empresas proporcionando bancos de dados confiáveis, descentralizados, criptografados e não editáveis. A integração dessa tecnologia para computação em nuvem tornará possível que empresas mantenham vantagens competitivas ao mesmo tempo em que protejam informações valiosas de negócios. A criptografia nativa do Blockchain também pode ser utilizada para a proteção de redes de dispositivos interconectados contra interferência externa.

Segundo a VentureBeatStorj, empresa que utiliza Blockchain para fornecer aos usuários armazenamento em nuvem acessível, rápido e seguro, em um futuro próximo essa tecnologia funcionará de modo semelhante à forma como se aluga um quarto no Airbnb. No caso, o aluguel será de espaço em disco, o que poderá gerar receita tanto para grandes empresas como para usuários comuns.

4. Recursos Humanos

No mercado empresarial, o setor de Recursos Humanos é uma das peças essenciais para uma empresa alcançar sucesso ou fracasso. Entretanto, muitas vezes o setor é criticado pela falta de transparência e confiabilidade. No processo de recrutamento por exemplo, é comum empresas serem acusadas de ocultarem informações do processo para alavancar posições de terceiros.

Para resolver esse problema, empresas, órgãos governamentais e instituições de ensino poderão fazer uso do Blockchain, fornecendo parte dos dados do candidato para ser armazenada de maneira imutável na rede de blocos. Por exemplo, durante o processo educacional, o desempenho acadêmico será registrado em um ID individual de um aluno, que é então armazenado em Blockchain e permitirá que cada empregador avalie o progresso acadêmico verdadeiro de um candidato. Da mesma forma, empresas terão seus próprios IDs, pelos quais os candidatos poderão acessar informações das mesmas, incluindo taxas de rotatividade de mão-de-obra e indicadores-chave de desempenho.

Quanto mais empresas e candidatos a emprego optarem por transferir suas informações em redes de Blockchain públicas amplamente acessíveis, mais rápido toda a indústria se beneficiará ao gerar insights reais e tomar melhores decisões de negócio, ao mesmo tempo em que ajudará a solucionar problemas sociais, como diferenças salariais entre homens e mulheres.

 5. Cadeia de Suprimentos

Os mercados estão conectados por meio de rotas de comércio globais cada vez mais robustas, mas o volume total de informações de transporte processadas mostra que existe uma grande disparidade nos dados ao se tentar monitorar a jornada individual de um produto.

 A aplicação de Blockchain em uma cadeia de suprimentos poderia resolver esse tipo de problema por meio da criação de um histórico permanente de produto, reduzindo custos, identificando erros humanos e evitando atrasos. Fornecedores e consumidores se beneficiariam, tendo uma maior percepção do processo de fabricação dos produtos que utilizam, por meio do acesso à rede Blockchain para investigar variáveis ​​como entrega ou manutenção de produtos.

Para certas indústrias em que a alta manutenção de bens na cadeia de suprimentos é especialmente crucial, podemos imaginar como o Blockchain pode intervir para garantir que as metas de qualidade sejam atingidas. Por exemplo, as indústrias de ciências médicas ou aeroespaciais poderiam facilmente utilizar a tecnologia para garantir que as peças e produtos químicos utilizados em seu trabalho sejam provenientes de uma fonte respeitável e tenham todos os requisitos de armazenamento necessários atendidos até o seu destino final. Provenance e SkuChain são apenas dois exemplos de empresas que estão aplicando Blockchain na cadeia de suprimentos.

*Lahis Almeida é desenvolvedora de Internet das Coisas na ART IT, especializada em soluções e serviços de TI

26

Related Posts

Leave a comment