A estratégia da sua empresa está acompanhando a aceleração da inovação?

A pandemia está presente em nossas vidas há mais de um ano e, olhando para o mundo dos negócios, muitas empresas deixaram de existir e outras potencializaram sua relevância por meio da inovação.

Realmente houve uma aceleração da inovação nas empresas, devido à necessidade de se tornarem digitais para atender os desafios de seus clientes, ou simplesmente, para contornarem uma crise iminente.

Velocidade no mundo atual é uma característica basilar para a sobrevivência das empresas. O mundo muda muito rápido. Necessidades, tendências, concorrência, comportamentos do público-alvo e nesse contexto volátil e incerto, várias técnicas com objetivos diferentes, estão disponíveis para serem aplicadas e entregar valor:

Growth Hacking – Técnicas para alavancar o seu negócio exponencialmente;

OKR – Método de medição dos indicadores de sucesso da sua empresa em períodos curtos de tempo;

Técnicas ágeis (SCRUM, Kanban, Lean, entre outros) – Métodos para entregas de valor incremental de forma ágil para seu cliente;

Design Thinking – Processo para definir soluções que nascem a partir da análise empática de um determinado problema;

Data-Driven – Auxílio de alertas, relatórios e análises gráficas que facilitam a tomada de decisão porque anulam qualquer viés que ocorreria se os líderes tomassem as decisões usando seus próprios julgamentos.

Todas essas técnicas têm algo muito importante em comum. Velocidade, pois entregam valor de forma ágil, ou porque coletam os feedbacks rapidamente ou medem e analisam os resultados em real-time ou in loco. É tudo muito dinâmico.

Outro ponto em comum é que todas essas técnicas são fáceis de compreender, mas para que obtenham êxito, quando colocadas em prática, é primordial uma cultura que dê esse suporte.

Ambientes com tolerância a erros são capazes de aprender e melhorar continuamente. Possuem alto grau de adaptabilidade interna e no relacionamento com seus clientes e um senso de colaboração apurado, espaço para criatividade e não há medo de correr riscos (calculados).

Darwin disse que o mais apto, aquele que se adapta melhor ao meio, sobrevive. Quando falamos em velocidade, quem começa hoje, já está correndo contra o tempo.

Por Tiago Wenceslau, Gerente PMO da ART IT.

Transforme seus negócios em experiências digitais

+55 (19) 3514-8383

contato@artit.com.br

14

Related Posts