O que é Design Thinking?

Design thinking é uma abordagem criativa, o seu objetivo é criar e/ou resolver problemas de processo, produto, serviço ou experiência.

Com essa prática um time multidisciplinar busca desenvolver projetos de forma colaborativa.

Para o Tim Brown, CEO da IDEO, “Design Thinking é uma abordagem antropocêntrica para inovação que usa ferramentas dos designers para integrar as necessidades das pessoas, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso dos negócios.”

Por que o design thinking é importante?

Primeiramente, essa abordagem coloca o consumidor no centro e entende qual é a necessidade humana por trás daquela demanda.

  • Ajuda a sua empresa a entender as necessidades de seus clientes/usuários
  • Reduz riscos nos lançamentos de novas ideias
  • Co-cria soluções centradas no ser humano e validadas por eles
  • Permite aprender mais rapidamente

Agora sobre esse último tópico, abaixo o comparativo da utilização de estratégias de design:

produto com ou sem design thinking
Como resultado, fica simples entender a velocidade que se ganha quando colocamos o consumidor no centro. Importante: o consumidor participa de todo o processo, do início ao fim.

O design thinking segue basicamente 5 etapas que são iterativas e incrementais:

  • Empatia: aqui não entra achismo, é muita pesquisa e principalmente saber ouvir;
  • Definição: está na hora de entender qual o real problema, através de todos os dados coletados e interpretados;
  • Ideação: está na hora de explorar as soluções e ideias;
  • Prototipação: vale maquete, post it, guardanapo, qualquer coisa que dê para desenhar a solução e que seja possível validar com o consumidor em seguida;
  • Teste: o que será que o cliente gostou? É aqui que a gente valida a solução.

Vale lembrar que a abordagem parece simples, mas precisa de estudo e prática em facilitação das sessões de design e utilização dos frameworks.

Como fazemos na ART IT

Na ART IT nós criamos o DeepBlue, que é a junção das melhores práticas do design thinking, service design, product discovery e storytelling.

Desse modo, nós entendemos que cada cliente é diferente e tem suas próprias necessidades, quando utilizamos o storytelling, nós mapeamos toda a jornada do usuário.

Afinal, se nós gostamos tanto de boas histórias e nos identificamos com ela, quem disse que os usuários não passam pela jornada do herói na utilização do seu produto?

Em conclusão, o design thinking nos dá a agilidade das etapas, o service design a gama de frameworks e pesquisas, e o product discovery o refinamento final para entregarmos o MVP (minimum viable product).

Como ajudamos outras empresas utilizando o DeepBlue:

Quer saber se o DeepBlue é o que a sua empresa precisa?

Fale com um de nossos especialistas, clicando no botão abaixo.

Transforme seus negócios em experiências digitais

+55 (19) 3514-8383

contato@artit.com.br

39

Related Posts